Dry Aged Tomahawk Steak

Se você nunca provou um, não sabe o que está perdendo. Se já provou, muito provavelmente ainda lembra do seu primeiro Tomahawk

O steak leva esse nome porque tem a forma de um machado tradicionalmente utilizado pelos índios norte-americanos.

É um corte da região central/dianteira do lombo do animal, composto pelo ribeye com o osso da costela. Com certeza é um dos cortes mais saborosos que você encontra no boi, ainda mais quando maturado a seco por 30 dias. Como é o nosso caso.


O osso longo da costela proporciona uma apresentação incrível e será com certeza a estrela principal da mesa. O osso tem ainda um papel fundamental no sabor que, somado à gordura entremeada, eleva o sabor do steak ao nível máximo.

Com altura na casa dos 4/5cm e pesando aproximadamente 750g, nosso Tomahawk é ideal para servir duas pessoas, podendo até ser uma opção para um jantar especial. Você pode prepará-lo na churrasqueira, seguindo a técnica semelhante à do Ribeye que já divulguei tantas vezes aqui:

Ou até mesmo no forno. Minha recomendação é selar por 2 a 3 minutos na frigideira, e depois por cerca de 15 minutos no forno pré-aquecido a 200ºC. Ao ponto pra mal-passado, sempre!

Também vale lembrar de deixar o Tomahawk descansar bastante depois de tirar do fogo, assim os líquidos voltam a se acomodar e o calor do osso termina de cozinhar e distribuir seu sabor, deixando seu steak completamente suculento.

Após preparado e descansado, corte o steak rente ao osso separando toda a carne e em seguida é só cortar em fatias perpendiculares ao osso.
 

fonte: Nick and Stef's Steakhouse 

fonte: Nick and Stef's Steakhouse 

Com certeza não é um steak para o dia a dia, mas com certeza é um steak que vai deixar qualquer dia especial.